Skip to main content

Jovem Aprendiz : Comece Já a Trabalhar!

Primeiro Emprego Jovem Aprendiz

 

Veja Como Milhares De Jovens de 14 a 24 Anos Estão Conseguindo Emprego Pelo Programa primeiro emprego Jovem Aprendiz

 

Ele Oferece Trabalho, Remuneração e Aprendizado Para Jovens De Todo o Brasil.

 

Leia este artigo até o final para receber várias dicas e finalmente ser um dos beneficiados. Tenho quase certeza que, em algum momento, você já ouviu falar do programa primeiro emprego jovem aprendiz, certo?

 

Muitos jovens têm dificuldade para conseguir o primeiro emprego. Seja por não terem experiência ou por falta de qualificação profissional. Foi pensando nisto que o governo criou o programa Jovem Aprendiz.

 

O programa primeiro emprego jovem aprendiz é uma das chances mais interessantes para quem quer conquistar o primeiro emprego. Além disto é uma oportunidade para aprender e se aprofundar em uma carreira e conseguir a tão requisitada experiência profissional.

 

E é óbvio que este conhecimento fará bastante diferença no seu currículo. Só que muitas dúvidas ficam no ar e acabamos não sabendo muito bem como aproveitar os benefícios oferecidos por ele.

 

Este artigo vai desvendar os segredos do programa primeiro emprego jovem aprendiz e mostrar como funciona a dinâmica da aprendizagem. Irei esclarecer as dúvidas mais frequentes, os principais benefícios e até as suas desvantagens.

 

Caso já conheça, é uma chance para se aprofundar e, se quiser saber algo mais, não se acanhe em usar o espaço para comentários abaixo.

 

primeiro emprego jovem aprendiz

Jovens Contratados Pelo Jovem Aprendiz
Photo by Senado Federal

 

Como Funciona o Sistema de Aprendizagem?

 

O programa de aprendizagem é, basicamente, um tipo de contrato de trabalho diferenciado com tempo determinado de duração. 

 

Neste contrato a empresa assume o compromisso de garantir ao jovem contratado pelo programa primeiro emprego "Jovem Aprendiz" – ensinamentos técnicos e formação profissional, num ramo de atuação condizente com seu perfil e evolução física, moral e psicológica.

 

E, por participar do primeiro emprego Jovem Aprendiz, o  jovem deve ser comprometido com suas obrigações e funções necessárias à formação. O curso de aprendizagem refere-se à formação teórica e pedagógica que o jovem aprendiz deve aprender enquanto trabalha para assegurar sua formação profissional.

 
 
O conteúdo pedagógico de sua formação é baseado na teoria e prática da atividade que exercerá e deverá estar sob orientação de instituto especializado em qualificação profissional. (art. 1º, §3, III e IV da IN nº 26, de 20 de dezembro de 2001).

 

O que diz a Lei de Aprendizagem?

 

A Lei da Aprendizagem é a de Número 10.097/2000, amplificada pelo Decreto Federal nº 5.598/2005.  Ela estabelece que todas as empresas de médio e grande porte devem contratar uma quantidade de aprendizes correspondente ao mínimo de 5% e ao máximo de 15% do seu quadro de colaboradores que atuem em atividades que demandam qualificação profissional.

 

jovem aprendiz sp
Apresentação do programa Jovem Aprendiz
Photo by Fotos GOVBA

 

Qual é o objetivo do programa de primeiro emprego Jovem Aprendiz?

 

O programa de primeiro emprego Jovem Aprendiz foi criado pelo Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) e tem por objetivo dar a oportunidade de jovens (muitas vezes sem experiência) começarem a trabalhar.

 

Isto porque, na busca pelo primeiro emprego, eles encontram diversas barreiras. Este programa une o trabalho a um treinamento de aprendizagem e qualificação profissional e já possibilitou que milhares de jovens estivessem preparados para encarar o mercado de emprego.

 

Como isto é feito no programa de primeiro emprego Jovem Aprendiz?

 
O processo utilizado para que isto aconteça envolve a instrução dos jovens nas áreas técnica e profissional e eles aprendem através de teoria e prática aplicadas no próprio ambiente de trabalho recebendo direcionamento profissional.

 

Quem assume a responsabilidade pelo acompanhamento profissional do Jovem Aprendiz?

 
A firma determina um funcionário para ser o monitor (ou orientador) e esta pessoa será responsável por acompanhar e coordenar o dia-a-dia profissional do Jovem Aprendiz em suas responsabilidades e atividades no decorrer do trabalho.

 

Qual o período máximo de duração do contrato de primeiro emprego Jovem Aprendiz?

 
O contrato de trabalho nesta modalidade pode ter período de duração diferenciado, sempre seguindo o prazo de aprendizagem do curso pelo qual o Jovem aprendiz passa. Só não pode passar de 2 anos, que é o prazo limite.

 

Quanto ganha um Jovem Aprendiz?

 
A lei determina que o Jovem Aprendiz deve receber o salário mínimo estipulado pela legislação estadual, isto referente ao período de atividades teóricas e praticas.

 

E a jornada de trabalho, no programa primeiro emprego jovem aprendiz, como deve ser?

 
Há duas formas de jornada de trabalho para quem participa deste programa:  A daqueles que estão no ensino fundamental (neste caso trabalham 6 horas por dia) e dos que já terminaram o ensino (estes terão a jornada de 8 horas por dia).

 

Que direitos tem o Jovem Aprendiz?

 
O aprendiz, como qualquer funcionário contratado pela CLT, deve receber da firma onde trabalha o vale-transporte para deslocar-se de casa ao trabalho.
 
 
E, da mesma forma que os empregados CLT, a empresa poderá descontar do seu salário os 6% previstos referentes ao vale transporte. Ele também tem direito a tirar férias anuais de acordo com o artigo 136 da CLT.

 

jovem aprendiz sp
Tirando dúvidas sobre o programa Jovem Aprendiz
Photo by RIOSOLIDARIO

 

Que informações devem constar no contrato de trabalho do Jovem Aprendiz?

 

Devem constar:

  • Dados do Jovem Aprendiz
  • Dados da empresa contratante
  • Dados do centro de ensino responsável pelo curso
  • Atividade para a qual o aprendiz foi destinado
  • Remuneração do Jovem Aprendiz
  • Dias e horários em que irá trabalhar
  • Prazo do contrato (início e fim).
  • Assinatura do jovem ou responsável, em caso do mesmo ser menor de 18 anos

 

O que as empresas esperam de um Jovem Aprendiz?

 

  • Determinação, pois ele terá de conciliar trabalho e estudos
  • Interesse contínuo em melhorar seus conhecimentos
  • Evoluir e sempre aprender com as atividades diárias
  • Deve buscar uma evolução profissional
  • Procurar novos horizontes profissionais em outras funções
  • Disciplina para o aprendizado e procurar inserir-se no mercado profissional

 

 

 

O Que é Preciso Para Ser Um Jovem Aprendiz?

 

É preciso sempre buscar o aprimoramento. Os que se destacam e têm sucesso são os que buscam crescer e desenvolver-se profissionalmente, num setor específico de atuação, dão valor à formação e, acima de tudo, querem concretizar metas.

 

É descobrir um mundo de oportunidades pela chance de entrada no mercado profissional. A Lei 10.097/00 diz que, através do programa de primeiro emprego Jovem Aprendiz, o jovem desenvolve competências exigidas no mundo corporativo.

 

O que é necessário para ser um Jovem Aprendiz?

 
 
Todo jovem com idade entre os 14 e 24 anos que necessite de um trabalho pode ser um Jovem Aprendiz. Ainda melhor se tiver participado do treinamento de Formação Básica, ministrado gratuitamente nos institutos parceiros do programa Jovem Aprendiz ou na categoria EAD (Educação à Distância).
 
 
O aspirante a um lugar no programa também deve haver terminado ou estar estudando ou matriculado no ensino fundamental. No entanto o jovem só poderá concorrer a uma vaga em um cargo que ainda não tenha ocupado.
 
 
Outra questão: o programa tem o intuito de apoiar jovens em condição civil suscetível, estudando escolas públicas e também os portadores de necessidades especiais.
 
 
Ao final do treinamento de aprendizagem será emitido certificado de conclusão e habilitação profissional ao Jovem Aprendiz.

 

A empresa cumpridora da cota podem requerer apresentação de exames para contratação de Aprendizes?

 

O único exame que pode ser solicitado pela empresa parceira do programa Jovem Aprendiz é o admissional. Apenas o médico do trabalho, conforme seu próprio critério, tem autorização para solicitar outros tipos de exames.

 

A lei não permite que a empresa exija exames de gravidez ou de esterilização. Eles são tidos como discriminatórios. Quando realizados no processo de pré-admissão ou de prosseguimento no trabalho, são considerados crime.  (De acordo com a Lei. 9.029 publicada no DOU de 17/04/95)

 

E quem está fazendo Supletivo ou EJA (Educação de Jovens e Adultos) está autorizado a trabalhar como Jovem Aprendiz?

 

Se o jovem estiver dentro do intervalo de idade (14 a 24 anos) e possuir a instrução mínima exigida pelo programa pode, sim, ser contratado como Jovem Aprendiz, mesmo frequentando o Supletivo ou EJA.

 

O Supletivo é uma categoria educacional que visa preencher etapas não cumpridas pelo adolescente ou adulto dentro do período considerado ideal. (Lei nº 9.394 de 1996 (LDB).

 

A EJA é a divisão da educação pública que acolhe os jovens e adultos que não terminaram o Ensino Básico em idade devida e gostariam de retornar aos estudos. Para o Jovem Aprendiz que está cursando o ensino fundamental, deve ser observada a jornada máxima legal (artigo 432 da CLT) de 30 horas semanais.

 

Oportunidade para conquistar o primeiro emprego

 

O programa de primeiro emprego jovem aprendiz é uma chance do jovem dar os primeiros movimentos profissionais, além de receber treinamento em uma função/profissão por meio do curso de aprendizagem realizado em paralelo com o programa.

 

 

Luiz Henrique Mello   é empresário do setor de educação. Tem 20 anos de experiência em Recrutamento, Seleção e Treinamento de profissionais em diferentes áreas e níveis profissionais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *