Skip to main content
Use um modelo de curriculo pronto

Modelo de Curriculo Pronto – Mais de 30 Templates Para Baixar

Escolha o modelo de curriculo que mais se encaixa com o seu perfil e preencha

 

Qual a vantagem de usar um modelo de curriculo pronto?

 

Em primeiro lugar, a função do curriculo é a de provocar o recrutador a chamá-lo para a entrevista. A segunda característica é servir como um roteiro de conversa na fase cara-a-cara do processo de seleção.

 

Em qualquer um desses dois momentos, o currículo pode abrir ou fechar portas para oportunidades de trabalho, segundo Lucas Nogueira, gerente sênior da Robert Half (Consultoria de recolocação).

Cuidado, de modo a não cometer erros de gramática, de digitação ou de colocar informações que podem criar uma má impressão no recrutador.

 

Isto pode te prejudicar porque, se o recrutador perceber, é bem provável que fique em dúvida se os dados restantes do currículo são verdadeiros", diz o especialista.

 

A objetividade também é a regra de um bom modelo de curriculo: duas páginas são mais do que suficientes, mesmo para aqueles mais experientes.

 

O Ideal é deixar alguns assuntos ou informações para falar durante a entrevista e surpreender positivamente o recrutador. Isto segundo Larissa Meiglin, conselheira de carreira da Catho.

 

"É importante saber como escolher o que vai entrar no curriculo para atrair a atenção do recrutador", diz ela.

 

Para te ajudar neste processo criei uma grande "biblioteca" de modelo de curriculo pronto. Tem para diferentes perfis, profissões e níveis de carreira. São mais de 30 modelos de curriculo para você fazer o download. Escolha o que mais se encaixa no seu contexto profissional.

 

 

 

Modelo Estudante

Modelo de Curriculo Estudante
Modelo de Curriculo - Estudante

 

Quem deve usar esse modelo?

O formato é adequado para os candidatos a trainée e aqueles que buscam o primeiro emprego. A recomendação é de Lucas Nogueira, gerente sênior da Robert Half.

 

Aqui todas as características são focadas na educação, cursos profissionalizantes e formação. Este é o elemento de mais interesse para os recrutadores no que se refere a estudantes. Ou também profissionais em sua primeira aventura no mercado de trabalho.

 

 

 

Modelo Estagiário

Modelo de Curriculo Estagiário
Modelo de Curriculo - Estagiário

 

 

Quem deve usar esse modelo?

 

É outra boa opção para quem está apenas começando o seu caminho profissional. Segundo Telma Mantovani, diretora de transição de carreira da STATO, a diferença deste modelo de curriculo pronto é que o foco vai para a área de interesse, educação e línguas.

 

"No campo "informações adicionais" podem ser informados trabalhos voluntários. Eles são uma porta de entrada para empresas que tenham a área de responsabilidade social mais forte", diz Telma.

 

 

 

Modelo Trainée

Modelo de Curriculo Trainee
Modelo de Curriculo - Trainee

 

 

Quem deve usar esse modelo:

 

No campo "resumo de qualificações" há espaço para falar de habilidades e competências adquiridas nas correspondentes áreas de interesse. A pós-Graduação e experiência em outros países pode justificar as habilidades e experiência dos profissionais.

 

"Nesta área o candidato irá vender o peixe e explicar por que deve ser contratado para o cargo". É o que diz Larissa Meiglin, conselheira de carreira da Catho. Muitas vezes o trainée já tem uma certa experiência. "Pode não ser relacionada á área, mas ainda é um diferencial", diz Larissa.

 

No campo "experiência profissional deve colocar alguma experiência em empresa júnior, se tiver. Ou também em trabalhos informais, desde que haja um contato para dar referências.

 

Erros mais comuns, segundo a especialista, acontecem no momento em que o candidato indica que tem um certo nível de domínio em um idioma. Ele precisa comprovar com um certificado ou também com uma experiência internacional.

 

"Muitas pessoas querem contar com detalhes sua experiência no exterior. Não precisa, apenas um breve relato indicando a sua escola ou empresa, ou até mesmo o país onde viveu e quanto tempo. O resto deixe para conversar durante a entrevista", diz ela.

 

 

 

Modelo Estagiário ou Trainee

Modelo de Curriculo Estagiário ou Trainee
Modelo de Curriculo - Estagiário ou Trainee

 

Quem deve usar este modelo: 

 

Este modelo de curriculo pronto aposta na objetividade. Direto, este modelo evidencia a educação e domínio de línguas, pois ficam à frente do campo de experiência profissional.

 

Para os trainées está aí a oportunidade de colocar a pós-graduação e especializações implementadas.Também há espaço para avaliar atividades extracurriculares, como trabalho voluntário, organização de eventos na universidade, em cursos e oficinas.

 

 

 

Modelo Primeiro Emprego

Modelo de Curriculo Posição Inicial
Modelo de Curriculo - Posição Inicial

 

 

Quem deve usar esse modelo?

 

Se você está começando sua caminhada profissional, este é o modelo de curriculo pronto mais adequado para você, segundo Francis Nakada, consultor da Produtive. Isso porque este modelo ajuda a explorar estágios, intercâmbios, cursos profissionalizantes, atividades complementares e palestras, tudo o que possa indicar uma possível área de interesse do jovem candidato. 

 

Para adicionar mais informações, como, por exemplo, trabalhos voluntários, há também espaço garantido neste modelo de curriculo. 

 

Importante: Os responsáveis pelo processo seletivo, como regra geral, deverão usar essas informações para verificar se o perfil do jovem está em conformidade com a cultura da empresa.

 

 

 

Modelo Posição Inicial

Imagem Salva
Modelo de Curriculo - Posição Inicial 2

 

Quem deve usar esse modelo?

 

Assim como o anterior, este formato é adequado para aqueles que ainda não têm uma trajetória muito extensa. A configuração é ideal para jovens profissionais, pois facilita a visualização de competências técnicas e comportamentais, um grande recurso do candidato neste nível. Esta é a recomendação de Lucas Nogueira, gerente sênior da Robert Half.

 

 

 

Modelo de Analista

Modelo de Curriculo Analista
Modelo de Curriculo - Analista

 

Quem deve usar este modelo:

 

Profissional que procuram trabalhar na posição de analistas e, geralmente, têm alguma experiência, mas a formação acadêmica e responsabilidades técnicas continuam sendo vistas como diferencial aos olhos do recrutador.

 

Se este é o seu perfil, este modelo de curriculo pronto é interessante, pois dará mais espaço para o passado acadêmico e as experiências científicas, métodos, resultados. Isso é o que diz Telma Mantovani diretor da transição de carreira para a STATO.

 

 

 

Modelo Especialista ou Gerente Júnior

Modelo de Curriculo Especialista ou Gerente Júnior
Modelo de Curriculo - Especialista / Gerente Júnior

 

Por que usar esse modelo?

 

De acordo com Francis Nakada, consultor de carreira da Produtive, este modelo é para aqueles que estão formando uma reputação profissional, isto é, começam a direcionar a carreira a uma área específica.

 

Este modelo de curriculo pronto é adequado para esta fase porque o centro de atenção está na especialização profissional, focando em suas áreas de interesse. Este tipo de curriculo também coloca em destaque os indicadores de desempenho e informa a autoridade e a responsabilidade de cada cargo, bem como certificações e cursos relevantes.

 

 

 

Modelo Gerente

Modelo de Curriculo Gerente
Modelo de Curriculo - Gerente

 

Por que usar este modelo:

 

A atenção do curriculo está desenhado para dar maior peso às habilidades que adquiriu durante sua trajetória profissional. "Essas informações aparecem em primeiro para o recrutador", diz Larissa Meiglin, conselheira de carreira Catho.

 

"A experiência profissional que deve aparecer no modelo de curriculo não deve ultrapassar os últimos 10 anos, indica a especialista, e no máximo as 5 últimas passagens por empresas.

 

"O resto não é obrigatório, você pode fazer uma breve menção sobre uma promoção, ou o crescimento rápido", diz Larissa. Outra dica da consultora de carreira da Catho é que, no caso da idade do profissional ser omitida no curriculo, é melhor deixar também de colocar o ano que terminar a faculdade.

 

"Uma questão comum é que deve-se evitar colocar expectativa de salário nos modelos de curriculo impressos", diz ela. "Não coloque, deixe uma margem de negociação para o momento da entrevista."

 

 

 

Modelo Gerente - 2

Modelo de Curriculo Gerente - 2
Modelo de Curriculo - Gerente(2)

 

Por que usar esse modelo?

 

Este modelo de curriculo pronto deve destacar momentos como experiência em liderança, responsabilidade por resultados alcançados e desenvolvimento de carreira.

 

De acordo com Telma Mantovani diretora de transição de carreira da STATO vale a pena destacar a seção de idiomas no curriculo para o nível de gestão, especialmente se há a intenção de trabalhar em uma empresa internacional.

 

 

 

Modelo Gerente / Diretor

Modelo de Curriculo Gerente ou Diretor
Modelo de Curriculo - Gerente / Diretor

 

Por que usar este modelo:

 

Para destacar os pontos fortes e realizações profissionais. A consultoria FLOW observa que o candidato diga o que há de mais relevante, imediatamente após os dados pessoais.

 

De acordo com a equipe da FLOW, este modelo também pode ser usado para gerentes e diretores. Para eles é importante notar que a experiência profissional é mais relevante que os estudos, de modo que a ordem do modelo deve ser o contrário.

 

Outro ponto importante é em relação ao domínio de idiomas. Se este não for um ponto forte, o melhor é deixar a informação no final do curriculo. Na seção de informações sobre cursos e/ou certificados, se você busca um cargo de liderança, é interessante não acrescentar cursos mais simples como Pacote básico do microsoft Office.

 

 

 

Modelo Gerente / Diretor - 2

Modelo de Curriculo Gerente / Diretor - 2
Modelo de Curriculo - Gerente / Diretor (2)

 

Por que usar esse modelo?

 

Este tipo de curriculo combina com o momento de consolidação profissional de um líder, um gestor executivo. "É importante, neste modelo de curriculo, não focar em informações voltadas a conhecimento operacional. Deve-se enfatizar outras questões", diz Francis Nakada, consultor de carreira da Produtive.

 

Portanto o foco aqui é em dados, de controles, como budget, faturamento, gestão de equipe (direta ou indireta), de relatórios e construção de projetos. Também deve destacar os resultados obtidos, tais como redução de custos, otimização de receitas, além das áreas que já são de sua responsabilidade.

 

 

 

Modelo Grande Experiência

Modelo de Curriculo Grande Experiência
Modelo de Curriculo - Grande Experiência

 

Por que usar esse modelo?

 

Conforme Lucas, Nogueira, gerente sênior da Robert Half, este formato é mais adequado para aqueles que já acumularam algumas muitas conquistas  profissionais e acadêmicas.

 

A principal vantagem do modelo", diz Nogueira, é agrupar vários fragmentos da carreira do candidato em blocos. "É organizada, clara e objetiva e demonstra sua grande experiência", explica ele.

 

 

 

Modelo Diretor Geral

Modelo de Curriculo Diretor Geral
Modelo de Curriculo - Diretor Geral

 

Por que usar esse modelo?

 

O Curriculo de Diretor-geral, como regra, deve ser enxuto e objetivo, porque o líder que chegou a este patamar não deve se apegar a descrever detalhes", diz Francis Nakada, consultor de carreira da Produtive.

 

Dica do especialista é destacar as principais ações que levaram consequências para a empresa como, por exemplo, a história de fusões ou aquisições, estratégias e planejamento de negócios com seus resultados.

 

 

 

Modelo CEO / Gestão em Geral

Modelo de Curriculo CEO / Gestão em Geral
Modelo de Curriculo - CEO / Gestão em Geral

 

Por que usar esse modelo?

 

Outra alternativa para presidentes de empresas é este modelo, mais sucinto. Aqui as atividades desempenhadas por ele, devem estão todas no resumo do curriculo.

 

O objetivo é evitar repetições, porque os deveres realizados nas últimas empresas onde o gestor trabalhou, podem ser um pouco parecidas", explica Telma Mantovani diretora da STATO.

 

 

 

Modelo CEO / Diretor de Negócios

Modelo de Curriculo CEO / Diretor de Negócios
Modelo de Curriculo - CEO / Diretor de Negócios

 

Por que usar esse modelo?

 

O curriculo de um presidente é bastante particular, diz Telma Mantovani diretora da STATO. A atenção especial neste formato será para a realizações e conquistas importantes.

 

"Entende-se que este executivo já tem no passado experiência em várias áreas, então é muito comum que o curriculo tenha apenas uma página", diz o especialista.

 

 

 

Modelo Carreira Científica

Modelo de Curriculo Carreira Científica
Modelo de Curriculo - Carreira Científica

 

Por que usar este modelo:

 

Este modelo de curriculo pronto destaca a educação e realização de pesquisas, além de títulos e experiências relevante ligados à educação. O modelo está disponível no formato Office 2013.

 

O tema do documento é baseado na ordem cronológica das formações (graduação, mestrado, doutorado), títulos e profissional e a troca de experiências.

 

 

Fonte: Revista Exame
Mercado Volta A Criar Empregos

Empregos Devem Voltar a Ser Criados Neste Ano Segundo FGV – Carreira

Mercado Dá Sinais de Recuperação E Empresas Já Programam Criação De Novos Empregos

 

 Empregos: "Vai aumentar o nível de empregos. O mercado de trabalho vai melhorar um pouco, mas a recuperação mais forte será só no próximo ano" (Paulo Fridman/Bloomberg)

 

O mercado de trabalho deverá melhorar a geração de empregos este ano, apesar de que antes de identificarmos estas expectativas ainda dependemos da recuperação da economia, segundo o economista Fernando de Holanda Barbosa Filho, do Instituto Brasileiro de Economia, da Fundação Getúlio Vargas (Ibre/FGV).

 

O indicador Antecedente de Emprego (IAEmp) avançou 0,3 ponto em fevereiro ante janeiro, para o nível de 95,9 pontos. Este foi o nível mais alto desde maio de 2010.

 

Quando há tendência de crescimento é consequência haver criação de empregos. Já o Indicador Coincidente de Desemprego (ICD) recuou 1,9 ponto do ano passado, de janeiro a fevereiro foi de 100,7 pontos.

 

Quando o índice cai significa uma melhora na avaliação dos consumidores sobre o mercado de trabalho.

 

"Os agentes planejam contratar nos próximos meses. A pergunta é quando isso vai acontecer. Entende-se que dependa da situação da economia em geral. Se houver sinais de melhora, haverá contratações", disse Barbosa Filho.

 

A Situação Atual

 

A situação atual ainda é extremamente desconfortável. "O ICD ainda está em um nível muito alto", disse ele. Ele apontou ainda que o indicador que acompanha a avaliação dos consumidores sobre a situação de emprego.

 

Os componentes que contribuíram para a alta do IAEmp de fevereiro foram indicadores de desempenho. Eles medem as expectativas da situação dos negócios nos próximos seis meses. Baseiam-se na Sondagem com a Indústria e na velocidade no aumento dos quadros nos próximos três meses da Sondagem de Serviços.

 

O conjunto que mais influenciou a queda do IBC foi o de consumidores que recebem de R$ 4.800,00 a R$ 9600,00. No caso deles houve diminuição em 3,3 pontos do indicador da percepção da dificuldade de conseguir um emprego.

 

Barbosa Filho acredita que a taxa de desemprego deve atingir pico entre o primeiro e o segundo trimestre deste ano. Em seguida deve começar a cair lentamente com a criação de postos de trabalho.

 

"Vai aumentar o emprego, o mercado de trabalho vai melhorar um pouco. Mas a recuperação só será mais forte no ano que vem", o economista pensa.

 

Como São Construídos Os Índices Que Avaliam Expectativas de Criação De Empregos

 

O ICD é construído com base em dados de Pesquisa de Consumidores. Ela tende a cobrir a impressão dos consumidores quanto à dificuldade do mercado de trabalho em relação a emprego.

 

Já o IAEmp consiste em uma combinação de séries extraídas das Sondagens da Indústria, de Serviços e do Consumidor, todas identificadas pela FGV. O objetivo é antecipar o sentido do mercado de trabalho no País.

 

Fonte: http://exame.abril.com.br/